Cortar grama corretamente garante gramado saudável

Out2014

Cortar a grama é uma das práticas fundamentais para manter o gramado saudável e feliz. Mantendo o seu gramado curto e atraente, no entanto, é mais complicado do que apenas passar um cortador de grama. Fatores como a altura da grama, frequência da roçada e tipo de cortador usado desempenham um papel importante na saúde da grama. Além de boa aparência, a grama mais densa que resulta de um corte adequado também auxilia na prevenção de ervas daninhas, doenças e pragas. Siga as dicas para cortar grama, para manter um gramado bonito na sua casa.
 
Se você cortar mais de um terço da altura da grama vai dificultar a capacidade do seu gramado crescer e se manter saudável. Se você deixar sua grama crescer muito alto e, consequentemente, cortar mais de um terço para que fique no tamanho desejado, você pode danificar a raiz, fazendo com que a grama cresça mais lentamente para se recuperar, deixando o seu gramado vulnerável às ervas daninhas, doenças e pragas.
 
Em casos em que a grama cresce muito alta, recomenda-se cortar a grama com mais freqüência do que o habitual e, lentamente, reduzir a altura de corte até atingir a altura desejada.
 
Cortar mais de um terço da altura da grama vai resultar em manchas de cor castanho em seu gramado. Especialmente durante um verão quente ou uma seca, esta prática pode permitir que doenças e ervas daninhas invadam o seu gramado, dando-lhe uma aparência feia. Cortar a grama bem baixinha só é recomendado antes da estação de crescimento, a fim de preparar o gramado para a primavera.
 
Como uma regra geral, a grama deve ser cortada com mais frequência na primavera (a cada três ou quatro dias), quando se está em crescimento ativo e no verão (cada sete a dez dias), quando o calor ou secas causam o crescimento lento.
 
Corte sua grama quando a superfície da folha é seca, isso vai eliminar aglomeração.
 
Ocasionalmente varie a direção de corte para reduzir os padrões de desgaste; folhas de grama tendem a inclinar-se na direção que elas estão cortadas, assim cortar em diferentes ângulos irá reduzir o desgaste no gramado.
 
Gramas do tipo Bermudas, Zoyzias, Santo Agostinho ou Catarina (São Carlos) têm seu crescimento máximo em períodos de temperatura alta e podem até entrar em estado de dormência no inverno.
 
A chave para se ter uma gramado atraente e saudável reside no tipo de cortador que você usa. Além disso, se você não usar um cortador com lâminas afiadas, devidamente ajustado, você vai rasgar sua grama ao invés de cortá-la, dando ao seu gramado uma aparência pobre e que oferece oportunidade para o ataque de doenças. É recomendado alternar as lâminas do seu cortador pelo menos uma vez por mês durante o período vegetativo.
 
Práticas de corte adequados são fundamentais para se chegar a um gramado verde, denso e com menos ervas daninhas. Complemente o corte comm uma boa irrigação, adubação e aplicação de produtos para controle de pragas.
 
Um programa de adubação é necessário para manter um gramado com boa qualidade. Ele vai manter a qualidade da grama. Chame um profissional para fazer o teste do nitrogênio, a partir do resultado é possível criar um programa de fertilização adequado.
 
Irrigue a grama de manhã sempre que possível para ter a vantagem de menos ventos e menos perda por evaporação.
 
Irrigações profundas e não freqüentes são mais eficientes que irrigações freqüentes e superficiais. As raízes crescem somente até onde a água estiver disponível.
 

 

Técnicas apropriadas de irrigação são tão importantes quanto a própria irrigação. Evite irrigar a mão com mangueiras porque não conseguirá a uniformidade e profundidade necessárias.

Fonte: 
http://www.meudedoverde.com.br/
ico
sair x

Bem Vindo ao FlexTool

Você está visualizando seu site em modo de edição.

Dica: o ícone representa edição de conteúdo. Clique no ícone caso deseje editar o conteúdo.